Dia da Mulher é marcado por ações de combate à violência contra o público feminino em Linhares

Uma vida sem violência é um direito das mulheres. Com esse propósito, a Prefeitura de Linhares, por meio da secretaria municipal de Assistência Social, realizou várias ações de combate a violência contra as mulheres nesta quarta-feira, dia 8 de março, em alusão ao Dia Internacional da Mulher.

Na ocasião, as equipes dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) e do Centro Especializado de Assistência Social (Creas), realizaram uma ação de panfletagem nos semáforos dos principais corredores viários do Município.


Durante a ação, os motoristas, pedestres e ciclistas receberam panfletos com orientações de como proceder para denunciar casos de violência contra as mulheres. Os participantes também levantaram cartazes com frases que pediam o fim da violência que atinge mais de 1.500 mulheres por ano, somente em Linhares.


Além disto, as mulheres contaram com uma ação especial na Praça Nestor Gomes, no Centro da cidade, com muitas homenagens prestadas pelo grupo Cantarolar, além de diversos serviços gratuitos de saúde. No local, os servidores também distribuíram cartilhas com orientações voltadas para o fim da violência contra a mulher.


“A iniciativa teve o objetivo de reforçar nossas ações de prevenção e sensibilizar, envolver e mobilizar os homens no engajamento pelo fim da violência contra a mulher, a partir de diversas ações realizadas por diferentes setores da sociedade que se encontram engajados na luta pela promoção da equidade de gênero e superação das desigualdades entre homens e mulheres”, destacou a secretária municipal de Assistência Social, Luciana Mantovaneli Amorim.


A iniciativa contou com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), do Núcleo de Atenção às Políticas de Saúde (Naps), do Centro Especializado de Assistência Social (Creas), da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e do Instituto de Acolhimento às Mulheres do Espírito Santo.


Canais de denúncia


Os atos de violência contra a mulher devem ser denunciados por meio dos telefones 180 da Central de Atendimento à Mulher, do 181 do Disque Denúncia ou pelo 190 da Polícia Militar.