Linhares: o futuro acontece aqui

O ano de 2009 foi de superação e conquistas para Linhares. Apesar da crise e outras adversidades, a Prefeitura conseguiu muitos avanços e investimentos para o município. O Prefeito Guerino Zanon, inaugurou várias obras ao longo do ano, criou novos projetos e anunciou investimentos para 2010.

Linhares ganhou novas escolas, novas praças, quadras poliesportivas e, em breve, vai ganhar estádios de futebol.  A cidade ficou mais bonita e organizada com a revitalização dos canteiros e com a Lei de Bairros, por meio da qual a Prefeitura redefiniu os contornos geográficos da cidade. Ruas e avenidas estão sendo pavimentadas em vários bairros. O horário de atendimento em algumas unidades de saúde foi estendido: agradou a população e desafogou o Hospital Geral de Linhares. E o Centro Cultural Nice Avanza abriu as portas, oferecendo conforto ao público e mais respeito aos artistas.

Pensando em cuidar das pessoas e garantir mais qualidade de vida, a Prefeitura de Linhares deu início às obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). O objetivo tratar 100% do esgoto coletado na cidade, acabando de vez com o despejo de dejetos no Rio Doce.  Linhares, que abriga a foz deste importante manancial, vai servir de exemplo para todo o país: será o primeiro município capixaba e o segundo da bacia do Rio Doce a ter 100% do esgoto urbano coletado tratado.

Além disso, a Prefeitura promoveu um salto no desenvolvimento, atraindo investidores de diversos segmentos. Empresas que reconhecem o potencial econômico de Linhares, como a multinacional Weg, anunciaram a implantação de unidades no município, gerando oportunidades, emprego e renda. E garantiu cidadania aos moradores, promovendo ações comunitárias e oferecendo assistência social a pessoas de todas as idades.

Para realizar obras, melhorar a cidade e investir na qualidade de vida da população, a Prefeitura de Linhares contou com a participação das comunidades. O Plano de Gestão Participativa (PGP) deu autonomia ao cidadão linharense para planejar o que será melhor para sua região.  As comunidades e a Prefeitura discutiram juntas o crescimento da cidade. E foram anunciadas ainda diversas obras que a Prefeitura vai realizar até o fim da atual gestão, por meio do Plano Gestor de Investimentos, na ordem de R$ 120 milhões.

Tantas melhorias só foram possíveis graças à eficiência na gestão dos recursos públicos. Mesmo em tempos de crise, Linhares conseguiu avançar rumo a um futuro de paz, progresso e justiça social.

A crise em Linhares

Assim como ocorreu em diversos municípios brasileiros, Linhares também sofreu bastante os efeitos da crise mundial. A receita do município, até o mês de novembro de 2009, apresentou uma queda real de 16,4% comparada com o mesmo período acumulado do ano de 2008. Para compensar a queda de receita, a prefeitura de Linhares estruturou ações de curto e médio prazo. O controle das despesas foi a principal medida para manter o nível de investimentos.

A queda na arrecadação trouxe dificuldades para a execução dos trabalhos transcorresse conforme o planejado. "Infelizmente, não conseguimos trabalhar no ritmo que gostaríamos. Mas conseguimos manter investimentos e avançar bastante em algumas áreas", disse o Prefeito Guerino Zanon. Resultado da enorme eficiência na gestão do dinheiro público.

Outras medidas de impactos estruturantes de médio e longo prazo já se iniciaram e serão incrementadas no ano de 2010. Entre as principais ações estão a implantação do Programa de Modernização Administrativa e Tributária, a implementação do setor de captação de recursos e de habitação social e a regulamentação da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas que deverá beneficiar os micro e pequenos empresários e os empreendedores individuais através da simplificação dos procedimentos fiscais e contábeis e ainda a redução de alíquotas. Os ganhos globais serão refletidos na redução da informalidade com possível incremento da taxa de empregabilidade e aumento da arrecadação municipal.

E a Prefeitura vai continuar com cautela em 2010. De acordo com a análise da conjuntura econômica nacional, o município deverá reforçar a política de equilíbrio orçamentário, com a manutenção da queda das despesas, incremento extraordinário no nível de investimentos públicos, especialmente em obras e políticas sociais, e trabalhando com ações pontuais para a recuperação da receita, acima da expectativa nacional.

Investimentos privados também sofreram com a crise. No setor moveleiro, houve queda nas exportações. As indústrias aumentaram a oferta de produtos no mercado nacional, mas o consumidor não estava aberto a compras, e as empresas tiveram que reduzir suas margens. O resultado foi um ano de setor estagnado, até que o Governo Federal baixou o IPI e deu fôlego às indústrias. A expectativa para 2010 é de aumentar as vendas e realizar uma feira capixaba de móveis: Espírito Santo Móvel Show. O Sindimol em parceria com a Prefeitura Municipal de Linhares e outras instituições vai promover o evento.

A crise internacional também respingou no agronegócio. O valor da saca do café está em torno de 30% menor. Mas a expectativa para 2010 é que o consumo mundial do produto aumente e, consequentemente, o valor da saca também.

Segurança                                                                                                           

Em 2009, Linhares figurou em tristes previsões relacionadas à segurança. Pesquisas apontaram o município como um dos maiores índices de vulnerabilidade dos jovens à violência. Mas a Prefeitura já realizava diversas ações para promover cidadania e segurança publica, desenvolvendo projetos de combate e prevenção da criminalidade.

A Guarda Municipal foi capacitada. A atuação e a presença os agentes nas ruas de Linhares ainda é bastante elogiada pela população. Além disso, os guardas estão presentes também nas escolas, fazendo o "Patrulhamento Escolar" em horários estratégicos. Pais, educadores, crianças e adolescentes da rede pública participaram de palestras sobre as drogas no projeto "Escola Cidadã". A população entrou na luta para reduzir a criminalidade, por meio do projeto "Comunidade Viva".

E mais: para inibir as ações de violência e reduzir o número de crimes, seis câmeras de videomonitoramento foram instaladas no Centro da cidade. Essas câmeras estão em pontos estratégicos da cidade, focalizando principalmente os bancos, praças e pontos comerciais. O monitoramento 24 horas, e é feito em parceria com a Polícia Militar.  
Prefeitura de Linhares

O futuro acontece aqui.