Prefeitura de Linhares A Cidade Notícias Versão para impressão

Geral


Linhares ocupa primeiro lugar na produção de nove culturas do agronegócio capixaba

[ Por Mônica Moreira | 12/09/2018 ]

O Município é o primeiro lugar nas culturas de banana, bubalinos, cacau, café conilon, coco da baía, mamão, maracujá, melancia e ovinos.

ENCONTRO DA AGRICULTURA FAMILIAR

Na última semana foram divulgados os primeiros resultados do Censo Agro 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um retrato do campo brasileiro e das pessoas que vivem e trabalham no meio rural. Os dados colocam Linhares em lugar de destaque em vários cenários com a primeira colocação na produção de nove culturas do agronegócio do Espírito Santo: banana, bubalinos, cacau, café conilon, coco da baía, mamão, maracujá, melancia e ovinos. O Município é responsável, por exemplo, pela produção de quase 136 mil toneladas de mamão e mais de 33 mil toneladas de café conilon. O IBGE apontou ainda que há um novo cenário na Linhares Agro: a diversificação de culturas; como é o caso da melancia que ocupa, responsável por 1.768 toneladas.

Para o prefeito de Linhares Guerino Zanon, o Censo Agropecuário é a principal e mais completa investigação estatística e territorial sobre a produção agropecuária do país. Ele recebeu com entusiasmo os dados e enfatizou a importância do setor agrícola para o Município. Guerino aponta as políticas públicas de incentivo e apoio ao agronegócio, como uma das principais ferramentas para os índices. "Linhares é destaque do agronegócio nacional e o trabalho da secretaria municipal de agricultura é relevante para o resultado. O Plano Agro, elaborado com o objetivo atender as principais demandas e executar ações para o segmento é exemplo disso. Por meio dele, as políticas públicas são dialogadas, readequadas e aplicadas, dentro do que a legislação permite, dando melhores condições aos nossos produtores, de maneira legal e produtiva", pontua.

O Secretário Municipal de Agricultura Franco Fiorot pontua que os resultados demonstram a consolidação do Município no agronegócio brasileiro e essa tarefa é resultado das diversas ações dialogadas e trabalhadas em conjunto com os produtores que, em sua opinião, tem no perfil inovador, empreendedor e técnico, características fundamentais para que a cidade alcance esses resultados. "Linhares se consolida de fato, como um dos principais pólos do agronegócio do país, sendo o principal do estado, o que demonstra a força do nosso agronegócio. Além da geografia da cidade e das riquezas naturais, um dos principais fatores para essas posições de destaque está no perfil inovador, técnico e empreendedor do nosso produtor".

Os resultados do Censo Agro 2017 permitem conhecer os estabelecimentos agropecuários, os trabalhadores rurais e quantificar o que é produzido tanto na lavoura, como na pecuária e agroindústria. Atualmente no Espírito Santo há 108.010 estabelecimentos agropecuários que comportam ao todo 357.248 trabalhadores, num espaço de 3.234.528,759 hectares de área. Na pecuária, Linhares ocupa a segunda posição no estado, com 160.607 cabeças de gado, engrossando os 379 milhões de litros de leite produzidos em terras capixabas.

Esse resultado, como o de outras culturas que não chegaram à primeira colocação, era esperado pelos produtores, técnicos e envolvidos no agronegócio de Linhares. "O café, mamão, ovinos, melancia e a produção de bovinos, que manteve a segunda posição, já vinham demonstrando avanços e o resultado consolida a importância do agronegócio linharense. É importante destacar que Linhares, dentre as principais atividades desenvolvidas além de estar se consolidando nas primeiras posições, tradicionais como cacau e outros, mantêm-se em posições de destaque", afirma Franco Fiorot.

Plano Agro
Dentro das políticas públicas de apoio e incentivo ao agronegócio linharense está o Plano Municipal Agropecuário - Plano Agro, elaborado pela secretaria e executado em Linhares com o objetivo de nortear as ações a médio e longo prazo, contemplando as principais demandas dos agricultores, produtores, profissionais de outros setores, feirantes da cidade, que diretamente ou indiretamente estão envolvidos no segmento.

Confira os números de Linhares na produção agrícola do Espírito Santo, conforme Censo Agro 2017:

1ª posição
/ produção de Banana (41.593,00 toneladas)
/ produção de Bubalinos (2.670 cabeças)
/ produção de Cacau (4.045,024 toneladas)
/ produção de Café conilon (33.758,070 toneladas)
/ produção de Coco-da-baía (47.363,205 (x1000))
/ produção de Mamão (135.470,365 toneladas)
/ produção de Maracujá (1.079,436 toneladas)
/ produção de Melancia (1.768 toneladas)
/ produção de Ovinos (2.410 cabeças)

Demais posições
2ª posição / produção de Borracha (látex líquido) (179,131 toneladas)
2ª posição / maiores rebanhos de Bovinos (119.351 cabeças)
2ª posição / maiores rebanhos de Caprinos (585 cabeças)
2ª posição / maiores rebanhos de Equinos (2.669 cabeças)
3ª posição / produção de Borracha (látex coagulado) (4.765,500 toneladas)
4ª posição / produção de Abóbora (moranga, jerimum) (582,300 toneladas)
4ª posição / maiores rebanhos de Galináceos (1.185.188 (1000 cabeças)
4ª posição / maiores rebanhos de Muares (173 cabeças)
5ª posição / maiores rebanhos de Patos, Gansos, Marrecos, Perdizes e Faisões (1.906 cabeças)
5ª posição / produção de Urucum (semente) (2.600 toneladas)
6ª posição / produção de Laranja (576.240 toneladas)
7ª posição / produção de Milho (grão) (1.329,859 toneladas)
7ª posição / produção de Pimenta-do-Reino (748.522 toneladas)

 

 

Mais fotos

II SIMPÓSIO DA CACAUICULTURA
II SIMPÓSIO DA CACAUICULTURA
CAFÉ CONILON
LIDERA AGRO 2018

 

Avenida Augusto Pestana, 790, Centro, Linhares - ES. CEP: 29.900-192
Fone: (27) 3372-6800 - Fax: (27) 3372-6842

Instagram | Facebook